Santosampaio

  • (61) 4102-3040 / (61) 98428-1931
  • glauberv@santosampaio.com.br

SOLUÇÕES JURÍDICAS INTELIGENTES

Seu pedido de aposentadoria do INSS foi negado? Veja aqui o que fazer para reivindicar os seus direitos

Seu pedido de aposentadoria do INSS foi negado? Veja aqui o que fazer para reivindicar os seus direitos

Se você teve o seu pedido de aposentadoria negado e não concorda com o motivo que levou o INSS a realizar a recusa, certamente quer saber o que pode ser feito para reivindicar o seu pedido, não é mesmo?

Quando há caso de benefício indeferido, ou seja, negado, o assegurado possui um prazo de 30 dias para recorrer na esfera administrativa da instituição de Previdência Social, ou, este segurado pode optar pelo ajuizamento de uma ação judicial no momento em que preferir.

No cenário onde o segurado escolhe recorrer o pedido negado juntamente ao INSS, será preciso formular esse recurso com suas razões recursais com a finalidade de que o INSS realize uma análise nova do pedido.

Você também pode usar a plataforma digital Meu INSS, portanto, é fundamental ter um login.

O cidadão deve selecionar a opção “Agendamento/Requerimentos” e escolher a alternativa “Recurso – atendimentos a distância”.

Quais são os documentos obrigatórios para o recurso

Há alguns documentos que serão exigidos para que você consiga reivindicar o benefício INSS que foi negado.

  1. RG, CPF e comprovante de residência da pessoa que estiver interessada;
  2. Petição detalhada com os motivos de discordância da negação do INSS;
  3. Simulação de tempo da contribuição, documentos médicos, certidões.

No cenário onde o resultado do recuso da 1ª instância também acaba sendo negativo, o segurado pode realizar a reivindicação de novo na Câmara de Recurso, a 2ª instância recursal.

Há outra forma de reivindicar o meu direito de benefício INSS?

Há sim uma outra maneira de realizar a reivindicação dos seus direitos do INSS.

Essa outra forma de reivindicação de direitos negados pelo INSS é quando o segurado recorre a uma ação judicial.

Sendo assim, esse tipo de conflito acabará sendo realizado pela intermediação de juiz, que pode contar também com a ajuda de um perito, quando é necessário a produção de provas mais técnicas.

Essa alternativa é a que consegue fornecer mais vantagens, já que, como mencionado, o perito médico pode avaliar o segurado e ele é um especialista, ou seja, conhece muito bem toda patologia e qualquer consequência para os exercícios laborais.

Há também o fator de que as chances de reversão da decisão do INSS por meio da justiça acabam sendo muito boas.

Um outro benefício de buscar esse auxílio por meio judicial é que quando o juiz dá a sentença com um resultado favorável, isso acaba acontecendo em grande parte dos casos, você acaba recebendo o valor retroativo.

Isso significa que você pode reembolsar todo o dinheiro que deveria ter recebido desde o momento em que o pedido do benefício INSS foi solicitado.

Essa vantagem não ocorre quando é realizada outro tipo de reivindicação, como o recurso administrativo.

Quando a alternativa é o judiciário, acaba que há mais tempo para realizar a análise completa desse requerimento e também de exames, sendo assim, as chances de obter sucesso nessa trajetória é bem maior.

Gostou do artigo? Então siga com o nosso blog que em breve traremos muitos outros artigos de qualidade.

Deixe um comentário

Bem vindo a SantoSampaio Advogados
ENVIAR